Gongo

Dentistas

8 dicas para atrair pacientes durante a crise

Se sua clínica atua com metas de atendimentos ou faturamento, por exemplo, você deve estar sentindo dificuldade em atrair pacientes em busca de tratamento. A redução de renda das famílias e o aumento do desemprego no país está impactando diretamente os serviços de saúde, principalmente odontológicos.

De acordo com o Boletim “Conjuntura Saúde Suplementar”, produzido pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar, a diminuição do Produto Interno Bruto (PIB) e o encolhimento da renda das famílias estão entre os principais fatores econômicos influenciando negativamente o setor de saúde suplementar.

Por isso, fique atento às dicas abaixo. Elas lhe ajudarão a atrair pacientes e reter os antigos.

1. Criar vínculos faz bem

Será que conhecer nosso público-alvo e colocar-se no lugar dele e pensar o que ELE faria pode nos ajudar a entender o que lhe impede de nos procurar? Roman Krznaric, autor de  Como encontrar o trabalho da sua vida e O poder da empatia, defende que essa é a capacidade mais importante que o ser humano pode desenvolver, porque permite entender e ver o mundo pelos olhos do outro. Como exemplo em sua última publicação, ele cita a designer industrial Patricia Moore que, em 1979, com 26 anos, resolveu entender como os idosos passavam por situações básicas da vida e, a partir disso, criar produtos que pudesseam ser manipulados sem dificuldade por todos. A partir desse experimento, ela se tornou a “mãe” do design universal. Se a porta da geladeira hoje é mais leve, devemos muito a ela.

2. Abuse da criatividade

Durante julho, muitos pacientes deixam de agendar suas consultas por conta de seus filhos estarem em casa em férias. Será que você não possui um espaço para montar um cantinho da leitura para os pequenos? Ou lápis de cor e papel para desenhar? Use, por exemplo, datas especiais e crie ambientes e situações que atraiam o paciente até o consultório, oferecendo um benefício extra. Muitas vezes, ações simples e baratas como a que mencionamos podem trazer ganhos surpreendentes.

3. Tenha uma identidade visual

O Brasil é o país com o maior número de dentistas do mundo, ou seja, é ingenuidade acreditar que basta um bom atendimento para atrair pacientes. É preciso investir no marketing da clínica, e ter uma identidade visual é uma premissa básica do marketing. Ajudará seus pacientes a ter uma imagem gravada da sua marca. Busque padronizar uniformes, cartões e banners. Também crie campanhas (de prevenção, institucionais ou promocionais) para manter sempre um diálogo com eles.

4. Esteja presente nas redes

O Trust Barometer 2016, estudo que mede a confiança do consumidor a respeito de temas e produtos, mostrou pelo segundo ano consecutivo que os mecanismos de busca são a fonte mais confiável para saber das notícias e se informar. 63% dos participantes afirmaram que a busca online é a fonte mais confiável, enquanto 58% apontaram a mídia tradicional como local preferido na busca de informações. Para isso, invista na produção de conteúdo relevante. Essa é a maneira de oferecer a eles as informações que procuram, no momento certo, no formato ideal e nos locais em que eles estão.

5. Para atrair pacientes, faça networking

Estar presente na comunidade em que a clínica está inserida é fundamental. Fará você ver quem são as pessoas influentes na região e também torná-lo conhecido por elas. Busque saber sobre as associações de bairro, cursos livres e encontros de vizinhos. Separe um tempo de sua agenda para essa atividade e a faça espontaneamente. Lembre-se da dica sobre empatia: ela se aplica aqui também.

6. Fomente o boca a boca

Não podemos negar: a indicação é a fonte mais confiável nos tempos atuais. De acordo com o Edelman Trust Barometer, os entrevistados, globalmente, acreditam muito mais nas informações de amigos e familiares (78%) do que nas de especialistas de determinados temas (65%), companhias e serviços já utilizados (62%) e empregados de uma companhia (55%). No Brasil, a pessoa “comum” goza de ainda mais credibilidade – 84 pontos.

Você e todo o time da clínica podem, de maneira suave e tranquila, estimular os pacientes a divulgar os serviços e indicar amigos e parentes. Como fazer? Foque em oferecer um bom serviço, trate bem os pacientes e, desse modo, vai obter o relacionamento adequado e confiante para ter indicações dos pacientes. Lembre-se: não é de bom tom pedir diretamente ao paciente que indique. Deixe-o se sentir tão bem na clínica para que sinta naturalmente a vontade de compartilhar a experiência dele com as pessoas próximas e até nas redes sociais.

7. Facilite a marcação de consultas

Parece distante o tempo em que, para marcar uma ida ao dentista, era preciso pegar o caderninho de telefones, encontrar um número e, então, aguardar uma pessoa do outro lado da linha atender. Mas ainda acontece. Com a rotina que todos temos hoje, é importante oferecer ferramentas que ajudem o paciente, desde marcar a consulta até mesmo lembrar de revisões periódicas.

Uma pesquisa feita pela Accenture, uma consultoria global de gestão, divulgou recentemente que  de cada 3 pacientes 2 vão marcar suas consultas online até o final de 2019. Isso representa quase 70%. Fizemos um post com várias dicas sobre autoagendamento, além de mais informações sobre a pesquisa. Vale a leitura.

O Gongo é uma agenda inteligente para clínicas odontológicas e disponibiliza uma série de benefícios que ajudam a reter e atrair pacientes a partir do sistema de agendamento. Por ele, o paciente pode marcar sua visita ao dentista  pela página da clínica no Facebook ou em uma página de autoagendamento que é um espelho da sua agenda. Para usar  esse serviço agora mesmo, crie uma conta e experimente. É grátis!

Ferramentas como essa ampliam e facilitam a marcação e o cancelamento de consultas. Nesse último caso, o benefício para a clinica é muito claro: o serviço irá disponibilizar, em tempo real, a vaga aberta para outros pacientes que acessarem a agenda. Isso significa uma diminuição representativa de horários vagos no consultório.

8. Por último, cultue o tratamento preventivo

Um sorriso saudável demanda disciplina. E a clínica tem o papel de atuar nesse momento, disponibilizando informação relevante para que o paciente entenda a necessidade do acompanhamento continuo. Nem sempre é possível que o paciente lembre sozinho desses retornos. Por isso, o Gongo oferece um serviço de lembrete para esses casos. Com o sistema, além de ajudá-lo, a clínica demonstra preocupação com o bem-estar de seus pacientes. No post Como transformar pacientes em clientes fieis, você encontra informações que podem ajudá-lo ainda mais nessa tarefa.

E você: quer compartilhar conosco alguma dica que ajude sua clínica nessa função?